sexta-feira, 8 de julho de 2011

A Noite Todos os Meninos São Pardos

A cidade escurece,
Edifícios, carros, luzes,
A cidade explode num alvoroço,
Corre a larga em luzes e cores,
Pulsa vibrante e cortante,
Cheira a fumaça e loção Bozzano,
A pedra de crack e desodorante de madame,
Cheira a Chanel e a desodorante de marca barbante,
Ah! Não vá chamar puteiro de luxo de bordel.
Inala cocaína o favelado e o bacana,
O padre, o pastor, o empresário e o jogador,
Teu pai, tua vó, o político, o rabino e o doutor...
Cheiram suas fugas anestésicas, e a todos enganam,
Todos eles, respeitavelmente ambiciosos,
Eternamente gananciosos,
Orgulhosos de seus éthos,
E implacavelmente focados...
Em suas ambições,
Em suas realçadas vaidades,
E em sua nobre vocação de salvar a moral da sociedade,
Cuidado menino, se não você se dana,
Eles se esparramam na cama,
Comem tua mãe, e te deixam na lama.

(André Miranda)




9 comentários:

  1. Bom final de semana
    Bjus
    Rose
    www.cantinhodimulher.blogspot.com
    Twitter:@rosealoy

    ResponderExcluir
  2. De um realismo estarrecedor... chocantem barbaro...

    Ameih, gosto de a realidade através das palavras.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. sou o representante do blog
    http://felipe-giongo.blogspot.com/
    vim retribuir o favor
    tambem achei seu blog muito interessante

    ResponderExcluir
  4. Sou a Leide do Diary of a teenage stranger, jáh estou retribuindoo e seguindo o seu blog :)

    ResponderExcluir
  5. Oi !
    Já estou te seguindo tbm ! Se possivel divulgue meu blog ;)
    bjs :)

    ResponderExcluir
  6. Belas palavras. Parabéns. Já estou seguindo.

    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  7. como sempre seus escritos são surpreendentes,e maravilhosos, esse chocante mais cheio de realismo.

    beijos e tenha uma otima semana

    ResponderExcluir
  8. Oi André!
    Interessante este post.
    Vim te desejar uma boa noite;)
    Bjos
    Rô!

    ResponderExcluir
  9. Olá, André
    A noite propicia todos os vícios e odores extravagantes...
    Um poema forte e chocante pelo que traduz da realidade.
    A imagem impressiona pelo olhar desse menino - infeliz que não sabe o que é infância.
    Muito bom!

    Excelente fim de semana. Beijinhos

    ResponderExcluir